AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

domingo, 19 de setembro de 2021

Papagaio de Papel - Poesia Infantil

 


Vou fazer um papagaio de papel

Com muitas bolinhas pintadas a pincel

Vou usar as fitas mais coloridas que encontrar

Para fazer os lacinhos numa cauda de encantar

Quando o levar à rua, lindo, pela mão

Vai causar inveja a quem só tem um peão

Vou subir a colina mais alta da minha cidade

E fazer o papagaio voar de tanta felicidade

Agora sou o piloto do meu papagaio colorido

Adoro vê-lo voar, parece tão divertido

É tão bom criar o nosso brinquedo

Faz-nos mais felizes, livres do medo

Brincar ao ar livre com meu papagaio de papel

É uma enorme alegria, tão doce quanto mel


16 comentários:

  1. Que linda e leve poesia que nos faz até voar como os papagaios de papel...ADOREI! beijos, tudo de bom,lindo domingo! chica

    ResponderEliminar
  2. Olá, Isamar!
    Que linda poesia aqui nos traz.
    Enquanto criança, brinquei e lancei muitos papagaios de papel. Era muito divertido e salutar para as crianças. Pena é que nos dias de hoje, os papagaios de papel já não façam parte das brincadeiras das crianças.

    Parabéns, minha amiga!
    Gostei muito.

    Bom domingo com tudo de bom.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mário, em criança também fiz muitos papagaios de papel, era uma infância tão feliz!
      Obrigada pela simpatia.
      Boa semana, beijinho!

      Eliminar
  3. Poema deslumbrante que me fascinou ler.
    .
    Domingo feliz … saudação poética
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  4. Parabéns, Isa!
    Um poema simplesmente maravilhoso!

    .
    Se o sol sumir num dia, noutro voltará ...
    .
    Beijo, e uma excelente noite.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Isamar!
    Passando por aqui, relendo este lindo poema, que muito apreciei, e desejar uma feliz semana com muita saúde.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Olá, Isamar!
    Vim conhecer o teu blogue e estou gostando demais. Agora, lendo essa poesia, me bateu a saudade. Em criança brinquei muito com papagaio de papel, eu sabia fazer de vários modelos. O difícil mesmo era fazer a guia. Se errasse, o papagaio não subia. Adorei a poesia. Bjs, Marli
    Blog da Marli

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marli, seja muito bem vinda ao meu cantinho!
      Obrigada pela sua simpatia :)
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Que lindo!! Seu poema trouxe um ar de infância tão gostoso! Fiquei nostálgica! Saio daqui com o dia mais alegre!

    Bjus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era tom bom brincar com o papagaio de papel :)
      Obrigada Vanessa pela simpatia.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Boa tarde outonal, querida amiga Isamar!
    Você está cada dia mais aprimorada na poesia com delicadeza de alma e muito jeitinho doce nas infantis que muito precisa.
    Parabéns pela dedicação aos amigos e à poesia, minha flor de amiga!
    Tenho estado muito ocupada com o blog, vida pessoal e demorei a passar no seu espaço que amo.
    Só encontro lindezas poéticas em seu cantinho lindo.
    Tenha dias abençoados e aconchegantes!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Querida Amiga Roselia pelas palavras carinhosas.
      Desejo que continue a correr tudo bem.
      Fique com Deus.
      Beijinhos

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...