AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FELIZ ANO NOVO!!!


Mais um ano a terminar
Mais um ciclo que sai de cena
Resta agora ponderar
Se tudo valeu a pena

Para o novo ano que começa
Os desejos são sempre iguais
Saúde, paz e felicidade
Porque o resto são coisas banais

Os planos que traçarmos
Seja a meio ou no início
Nunca se concretizam
Sem um pouco de sacrifício

Que entremos no nosso melhor
Seja por que pé for
Que os desejos se tornem reais
Sempre à pala com o amor.

Autoria: Isabel Mendes


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

NATAL


Natal é fazer alguém sorrir
Como a neve, que ao cair
Provoca o sorriso de uma criança
Natal é o aconchego da lareira
São as conversas e as brincadeiras
É o despertar de uma nova esperança.

Natal é o frio de madrugada
Que traz o Sol como camarada
Para nos iluminar mais um dia de incerteza
Natal é a família em harmonia
Que preserva o valor da alegria
E se junta ao redor da mesa.

Natal é o abraço apertado
Que, sem ser pedido, é dado
E aquece até o mais frio coração
Natal é amar sem contrapartida
É perdoar, porque é o ciclo da vida
Natal é saber repartir o pão.

Autoria: Isabel Mendes

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Não tivemos futuro

(imagem retirada da internet)


Fizemos juntos um caminho
Mas o meu coração sempre caminhou sozinho
O nosso compasso não batia certo
E o futuro a dois nunca esteve perto.

As lembranças dos momentos felizes
Vão ficar guardadas na estante da vida
E nós como dois aprendizes
Vamos aprender como sarar a ferida

O que antes nos manteve unidos
Já se juntou ao clube do passado
O caminho agora fazemo-lo sozinhos
Mas o compasso tornou-se mais pesado.

Autoria: Isabel Mendes

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

As Crianças

(imagem retirada da internet)



Quando somos pequenos
Sonhamos em grande
E aprendemos a lutar
Ser criança é pensar com o coração
Perder-se num jogo do pião
E com todas as forças acreditar.

De bola nos pés e sorriso rasgado
O jogo começa, sem aviso ou recado
A felicidade é assim, tão simples de se ter
Quem não vê maldade é feliz a valer!


Autoria: Isabel Mendes

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

8 de Dezembro - Nossa Senhora da Conceição!




Nossa Senhora da Conceição
Mãe do Salvador da humanidade
Te oferecemos o nosso coração
Recebe-o como prova de humildade

Protege, guia e zela
O reino que a Ti foi confiado
Ameniza os caminhos mais sinuosos
E cobre com Teu manto o mais desamparado

Virgem Imaculada sem mancha
Teu dia é Festa Universal
Rainha de um povo que te venera
Te louvamos Padroeira de Portugal

Mãe de uma nação que Te pertence,
És a esperança de quem se sente fraquejar.
Senhora de um povo que sabe o que sente,
Quando na fé Tu nos fazes acreditar.

Rainha de olhar sereno, 
Rosto pequeno
E manto protector.
Virgem Imaculada,
Padroeira Sagrada
A Tua nação te canta louvor.

Nossa Senhora da Conceição
Contigo caminhamos neste fado
Santa Mãe, Tu és a salvação
Obrigado por sermos o Teu legado.

Autoria: Isabel Mendes