AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

domingo, 31 de maio de 2009

CRIANÇA

(nós na escola com 7 anos)
Joelhos esfolados

olhos esbugalhados

um sonho no olhar

um único desejo de brincar

luzinhas cintilantes

no mundo de faz de conta

porque para a brincadeira

têm sempre a alma pronta

vivem para o sorriso

porque o que é preciso

é saber acreditar

que diariamente é preciso sonhar

criança é ser esperança

de um futuro risonho

é dar e receber amor

criança é o fruto do sonho

domingo, 24 de maio de 2009

SERÁ ESTE O FINAL?

(imagem retirada de almacollins.zi.p.net)

Nos olhos uma tristeza

na fala um pesar

não sei, nem tenho a certeza

do que me faz chorar

nas mãos a tremura já impera

os olhos não querem ver o dia

a alma esgana o silêncio

o coração por pouco já não batia

os pés recusam-se a arrastar

um corpo que não coopera

será que é este o final

condenada e entregue à fera?

domingo, 10 de maio de 2009

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA


Rainha de uma nação inteira
Mãe de um povo que Te venera
Consolo das almas perdidas
Companhia para quem espera

Perdoa os imensos pedidos
Que diariamente queremos atendidos
Mas a nossa dor não quer ouvir
Que viver não se resume só a sorrir

Senhora da nossa vida
Guia-nos com cuidado pela estrada
Te agradecemos a protecção
Rezando e orando em Tua morada
Ensina-nos a saber ser pacientes
Para que o nosso rumo seja o desejado
Protege quem prefere os desvios
Porque o caminho acaba por ser mais pesado

Muito obrigado Nossa senhora
Por todos os dias em que podemos sorrir
Pois naqueles em que choramos
És Tu quem enxuga as lágrimas ao cair