AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Dia dos Avós

Imagem: internet

Avós são a ternura,
São os sorrisos a toda a hora
Avós são o refúgio dos netos
Porque é com eles que o amor mora.

Avós são o carinho,
São o mimo e a dedicação
Os Avós sabem sempre o caminho
Para guiar os netos com o coração.

Chegaram ao inverno da vida
Onde o Sol tem um calor diferente
Com vocês saboreamos melhor os dias
Os Avós são o nosso melhor presente.

O tempo traz sabedoria
Deixando para trás as dificuldades
As vossas rugas também nasceram da alegria
Como o arco-íris nasce das tempestades.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Gangue do Bem-querer

Imagem: internet

Quando não queres entrar no tom
Nem acrescentas nada de bom
Podes seguir o teu caminho
Aqui só ficam descendentes do bem
Que não desejam mal a ninguém
E respeitam sempre o seu vizinho

A maldade não tem lugar
Nem sítio onde ficar
A nossa casa é protegida
Somos seguidores da bondade
Do amor e da verdade
Dispensamos quem siga outra vida

Aprendemos a colher os cacos
A não responder com tacos
E a saber perdoar a ingratidão
Somos o gangue do bem-querer
Que ensina e quer aprender
Porque todos temos coração.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Um cheirinho

Imagem: internet

Hoje sinto um cheirinho doce
Que paira no ar por onde passo
Não sei se fui eu que trouxe
Ou se esqueceram algum pedaço

Cheira tão bem que acalma
E faz-me sentir conforto
Fico cheirosa até à alma
E segura em bom porto.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

O Jardim (Poesia Infantil)

Desenho feito por Lucília Mendes

No jardim da tia Laura
Há um canteiro especial
Tem as flores mais bonitas
Como nunca vi igual

São dez flores coloridas
Com azul, rosa e amarelo
Enfeitam tão bem o jardim
Pois nunca esteve mais belo

São regadas todos os dias
Com atenção e cuidado
São o orgulho da tia Laura
E de quem lhe está ao lado.


sexta-feira, 7 de julho de 2017

Ó Mundo

Imagem: internet

Ó mundo, mundo
Vais cada vez pior
Já bateste no fundo
E continuas a achar-te o melhor

Ó mundo, mundo
Onde vais com tanta pressa
Por favor para um segundo
Não vais cumprir nenhuma promessa

Ó mundo, mundo
Porque cultivas a maldade?
Vais acabar um vagabundo
Rodeado de crueldade

Ó mundo, mundo
A morte fez-se tua aliada
O teu aspecto é imundo
De ti já não se espera mais nada.

terça-feira, 4 de julho de 2017

O Sol (Poesia Infantil)

Desenho feito por Lucília Mendes

O Sol vem todos os dias
Acordar o mundo inteiro
Fica bem lá alto no céu
É tão certo como um ponteiro

Os seus raios amarelos
São bonitos e dão calor
Iluminam todo o dia
E irradiam amor

Gosta sempre de sorrir
Para as nuvens suas vizinhas
Às vezes brinca com elas
Para não se sentirem sozinhas

À noite o Sol vai dormir
Porque precisa descansar
É quando a D. Lua
Começa a trabalhar.