AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Os meus sonhos

(imagem retirada da internet)



Chega o momento de adormecer
E de deixar os sonhos entrar
Em pouco tempo deixo de perceber
Quem fica realmente a comandar

As imagens, os sons e a confusão
Com que os meus sonhos se fazem
Deixariam qualquer um em contra-mão
E em puro estado de vadiagem

Gostava de sonhar colorido
Com passarinhos à mistura
E não parecer um doido varrido
Que sonha sempre com a loucura

Se os sonhos se pudessem realizar
A minha vida tinha os dias contados
Porque em matéria de saber sonhar
Os meus estudos ainda não estão terminados

Anseio pelos sonhos de calmaria
Repletos de serenidade
Ver-me livre desta doidaria
Será um sonho tornado realidade.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Sol

(imagem retirada da internet)



O sol é a alegria dos pobres
e a saúde dos doentes
O sol é a luz dos mais nobres
e a verdade dos depoentes

O sol é a melhor vitamina
para quem carece de luz
O sol é a mais linda menina
é a estrela que mais seduz

O sol faz render o dia
Iluminando com a sua luz natural
o sol aquece a tarde fria
e aconchega de maneira especial.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Más Energias

(imagem retirada da internet)


As pedras que me ocupam o caminho
Jogadas por aqueles cuja alma venderam
Usei-as para criar mais abrigos
E proteger aqueles que me defenderam

As intrigas e maldizeres
De tão poucos saberes
Não me chegam sequer ao calcanhar
A má vontade e arrogância
Vinda da pior instância
Ensina-me a nunca deixar de lutar

Quem age por bem sem contrapartida
E se rege por este modo de vida
Nunca espera retribuição
Quem pelo mal traça o seu caminho
E espera ter o bem como ninho
Acaba por nunca sair da escuridão.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Senhor, hoje venho ..

 
(imagem retirada da internet)


Senhor, hoje venho pedir
Sei que custa admitir
Mas preciso do Teu amparo
Senhor, hoje falta-me coragem
Sinto-me como a água na barragem
Entregando-me a este despreparo

Senhor, hoje venho agradecer
Esqueço-me de reconhecer
O quão grande é o Teu amor
Senhor, hoje só quero ouvir-Te
Sem medos seguir-Te
E poder acalmar esta dor.

Senhor, hoje venho confessar,
Admitir e aceitar
Os erros que cometo em vão
Senhor, hoje espero humildemente
Como a terra com a semente
Ansiando o Teu perdão.

Senhor, hoje venci o meu inimigo
Afastei-me do perigo
Porque Tu me soubeste guiar
Senhor, hoje sei que é na simplicidade,
Na esperança e na humildade
Que Te hei-de sempre encontrar.



segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

É o Amor

(imagem retirada da internet)



Há quem diga que o amor é cego,
Louco e inconsciente
Há quem diga que o amor é forte,
Lutador e independente

Há quem conheça várias formas de amor
E não consiga compreender nenhuma
Há quem abdique desse dissabor
E viva calmo como a leveza da espuma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...