AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Menina da Aldeia


Imagem: internet

Menina bonita
De saia de chita
E laço no cabelo
Sapato de verniz
Sorri quando se diz
Que prima pelo zelo

Menina prendada
De fácil risada
Fiel às boas maneiras
Parece nunca ter pressa
Porquê? Homessa!
Nunca diz asneiras

Menina sensata
Costureira nata
E olhos cor de avelã
Menina da aldeia
Com voz de sereia
E cheirinho a hortelã.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Voa Borboleta

Imagem: internet

Voa, voa borboleta colorida
Enfeita o céu de cor alegre
Borboleta, és a mais querida
Vês uma mansão num casebre

Tanta beleza concentrada
Num ser frágil e delicado
Borboleta, foste ensinada
A nunca viver enjaulado

Quando estás entre as flores
Não se distingue a mais bela
Borboleta aonde fores
Serás sempre a donzela.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

As Amigas (Poesia Infantil)

Autoria desenho: Lucília Mendes

A Tina e a Nónó
São duas amigas de verdade
Andam na mesma escola
E moram na mesma cidade

Gostam de brincar as duas
E de partilhar os brinquedos
Adoram as suas bonecas
E de montarem os legos

De tarde estão sempre a estudar
Ditados, contas e a leitura
São muito aplicadas
E só querem aventura

Andam de bicicleta
Jogam à bola e ao pião
São amigas inseparáveis
Amigas de coração.