AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Menina da Aldeia


Imagem: internet

Menina bonita
De saia de chita
E laço no cabelo
Sapato de verniz
Sorri quando se diz
Que prima pelo zelo

Menina prendada
De fácil risada
Fiel às boas maneiras
Parece nunca ter pressa
Porquê? Homessa!
Nunca diz asneiras

Menina sensata
Costureira nata
E olhos cor de avelã
Menina da aldeia
Com voz de sereia
E cheirinho a hortelã.

Sem comentários:

Enviar um comentário