AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

SUBI AO CÉU


Subi ao céu de balão
Com medo e sem noção
Deixei-me levar.
Queria ter o mundo na mão
Olhá-lo pequeno como um anão
E sentir-me a voar.

Lá em cima, bem no alto
Feliz, mas em sobressalto
Gritei até a voz me sumir.
Se alguém cá em baixo ouvisse
Dizia, se já não disse
Que um maluco ia no céu a fugir

Por entre as nuvens viajei
Senti-me acima de lei
E, como simples, toquei o céu
Desci à terra, para o que é meu.

Sem comentários:

Enviar um comentário