AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 22 de julho de 2014

Amor (o mais belo dos sentimentos) - REPOST


(moldura decorada por nós para prenda de casamento - nosso blog de artesanato Deemak Twins)

Amor
É quando te chamo sem sequer falar
E quando te sinto sem sequer te tocar

Amor,
É quando à noite ao olhar o céu
Oiço teus passos e sei que és meu

Amor,
É quando nossas mãos se tocam lentamente
E sei que teu coração vai estar sempre presente

Amor,
É quando te vejo me sinto renascer
Por saber que sem ti não poderia viver.

Amor,
É quando à noite os olhos eu fecho
Ver-te a meu lado sempre protector
E ao acordar sentir o teu beijo
E a tua voz a dizer “Bom dia Amor”.

Amor,
É quando o teu caminho se junta ao meu
Na encruzilhada do nosso sentimento
E juntos seguem a olhar o céu
Sabendo que o mais lindo é cada momento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...