AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Belo, por fora ou por dentro?

(imagem retirada da internet)

Beleza exterior
Cheia de esplendor
Tão bela fachada.
Beleza interior
Cheia de puro amor
Da bondade aliada.

Ser belo por fora
É viver só para o “eu”
É como deitar fora
Fruta que apodreceu.

Beleza interior escondida
É a mais pura beldade
Como um coração que faz cada batida
Em função da solidariedade.

Andar vistoso pela rua
A passear a futilidade
A beleza exterior é tão impura
Que chega a meter dó à fealdade.

Quem é belo por dentro
Em todo o momento
Sabe sempre dividir
Beleza interior torna perfeitos
Até os pequenos defeitos
E ensina o coração a sorrir.

Beleza exterior vende-se a peso de ouro
Num mercado que não vale um tostão
Beleza interior é o maior tesouro
Que nasce com aquele que sabe ser Irmão.

Sem comentários:

Enviar um comentário