AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Miseráveis Aqueles

Imagem: internet

Miseráveis aqueles que magoam
E se permitem abusar do poder
Miseráveis aqueles que não perdoam
E têm gosto em ver outros sofrer

Miseráveis aqueles que destroem
As vidas de tantos inocentes
Miseráveis aqueles que corroem
A bondade dos sobreviventes

Miseráveis aqueles que causam tristeza
Fiéis seguidores da desumanidade
Miseráveis aqueles que matam a natureza
E vivem em prol da crueldade.

                                                                                       

10 comentários:

  1. Adorei! Que forte e verdadeiro.
    Continua =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Intenso e verdadeiro.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Elvira!
    Bom fim-de-semana, beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Olá Isa,
    Obrigada, beijinhos :)
    Bom Domingo!

    ResponderEliminar
  5. E aqui dizes grandes verdade! Muito bonito!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana,
    Muito Obrigada pelas palavras.
    Beijinhos e uma semana feliz!

    ResponderEliminar
  7. Sem dúvida, desprezíveis. Gostei do poema!

    ResponderEliminar
  8. Olá Olivia,
    Muito obrigada pelas suas palavras e pela sua visita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...