AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

domingo, 19 de maio de 2019

Bom Espumante



Pequenos fragmentos
Que deixaste pela casa
Nem os, poucos, bons momentos
Escaparam ao ferro em brasa

Flaches da tua existência
Ainda teimam em aparecer
O cheiro da tua essência
Custou a desaparecer

A cadeira nas traseiras
Onde fumavas o cigarro
Troquei-a por duas esteiras
E um vaso, já velho, de barro

O limoeiro que plantaste
Nem com tareia deu fruto
O diamante que tanto gabaste
Nunca foi, nem sequer bruto

A casa está serena sem ti
Sente-se algo apaziguante
Se alguma coisa aprendi
Foi a conhecer um bom espumante

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...