AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

SERÁ!?

(imagem retirada do site luso-poemas.net)


Será que é por te conhecer tão bem
Que te sinto sem te ver
Basta fechar os olhos
E até o teu cheiro posso beber.

Será que é por fazeres parte de mim
Que te oiço a respirar
Mesmo que estejas distante
Como o céu está do mar.

Será que é por me teres oferecido
Com vontade e sem reclamar
O teu coração numa bandeja
E a tua alma em cada acordar.

Será que é por estar dependente
De ti, da tua existência
Que não consigo separar
A loucura da consciência.

1 comentário:

  1. Olá, Isamar! Boa tarde!
    Muito obrigada pela visita e pelos elogios ao conteúdo do meu blog.
    Também gostei muito do seu. Que lindas poesias!Quanta inspiração! Parabéns!

    Sempre que desejar, venha visitar meu espaço virtual. Sinta-se em casa!

    Abraço!

    ResponderEliminar