AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010


Hoje vou voltar atrás no tempo
Onde tudo era motivo para sonhar
Vou fazer um papagaio de papel
E levá-lo com todo o gosto a voar

Na cauda coloco laços de esperança
Da cor azul, como o céu que o vai receber
Na vontade vai um sonho de criança
Papagaio de papel deixa-me aprender

Como é tão bom sentir esta liberdade
De comandar o meu papagaio de ilusão
Saber que o seu voo tão altivo
É guiado pela saudade que enche o meu coração

Papagaio de papel
Cheio de cores da minha infância
Leva-me contigo pelo céu
Vamos brincar, para acalmar a minha ânsia

Sem comentários:

Enviar um comentário