AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010



Ano novo, novas lutas
Ano novo, os mesmos ideais
Ano novo, novas disputas
Ano novo, querendo sempre mais.

Se quer entrar com o pé direito
Como tanta gente diz
Cuidado se não o faz com jeito
Pode ter um momento infeliz.

Que o novo ano seja tal e qual
O que nos acaba de deixar
Confesso que soa menos mal
Que exigir o melhor que tem para dar.

Ano novo, um sonho crescente
De momentos de pura alegria
Ano novo, um desejo pendente
De viver do modo que se queria.

Sem comentários:

Enviar um comentário