AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009



Por que não perguntas às rosas
com calma e delicadeza
sendo elas tão bondosas
não partilham a sua beleza?


Por que não perguntas às rosas
com paciência e dedicação
mesmo que as tratemos com carinho
acabam por nos picar a mão?


Por que não perguntas às rosas
com cuidado e com licença
tendo elas cores tão variadas
entre elas não há diferença?

1 comentário: