AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sexta-feira, 29 de abril de 2011

BRAÇOS ERGUIDOS



De braços erguidos ao céu
E com as lágrimas a cair
Toma tudo o que é meu
Ajuda-me a saber retribuir.


Somos filhos de um Pai Universal
E irmãos de um Filho sofredor
Nossas vidas são um sinal
De como é possível vencer o amor.

1 comentário:

  1. E com duas quadras, se diz tudo!
    E o cantiho da foto, parece familiar. Nomeadamente - e além de outros pormenores - aquele crucifixo deve ser muito antiguinho...

    ResponderEliminar