AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 30 de abril de 2011

DIA DA MÃE






Carrega uma vida no ventre
Nunca mostra a tristeza que sente
Aprende o amargo que a vida tem
Para ao seu rebento apenas ensinar o bem

Coloca na estante da sala
As fotos dos frutos do seu amor
Ser Mãe é tremer a fala
Quando os seus botões se transformam em flor

Chora ao ver o seu filho nascer
Porque ser Mãe é amar sem barreiras
Atravessa mares e fronteiras
Porque ser Mãe é a arte de sofrer

Pega como todo o carinho do mundo
Na pequena mão que lhe conhece o respirar
Ser Mãe é perder cada segundo
Ser Mãe é sorrir a chorar

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...