AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 17 de maio de 2011

PRECISO (DE TI)



Preciso de um abraço
De um pedaço
Do teu amor
Sabes que ainda me causa embaraço
Saber que não passo
Sem sentir o teu sabor.

Vou reclamar com bravura
Vou ser dura
Vou ao fim do mundo
Porque não quero saber a cura
Para a loucura
Deste amor profundo.

E tu vens ao fim da tarde
Como o fogo que arde
No meu coração
Já sabes que te oiço chegar
E os teus passos a lutar
Contra as pedras do chão.

Anoitece sem darmos por isso
Na cumplicidade do nosso compromisso
É bom assim adormecer
Fechar os olhos e assim ficar
É tão bom este saber viver
Abraçado a quem nos sabe amar.

1 comentário:

  1. Gosto. E se colocasse este poema, em paralelo com outros, para poder classificar, este seria o meu preferido... até agora.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...