AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sexta-feira, 22 de julho de 2011

EM TODO O LUGAR


No grão de café, na água da chuva
No raio de Sol, no sumo da uva
No brilho da noite, na luz das estrelas
No fim do caminho, no vazio das vielas
No ar que respiro, na palma da mão
No amor que recebo, no bater do coração

Em todo o sítio, em qualquer lugar
A toda a hora, na terra ou no mar
Obrigado meu Deus por cada segundo
Por cada minuto que me dás o mundo
Obrigado meu Deus por cada anoitecer
Sem ter conhecimento da palavra sofrer.

1 comentário:

  1. Em todo o lugar e em todas as coisas. Gosto, porque está lindo e maravilhosamente bem escrito.

    ResponderEliminar