AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Pensei


Pensei que falava sozinha
Numa noite em que nada se parecia mexer,
Mas Tu tornaste a noite clarinha,
Só para eu saber que de solidão, nunca vou padecer.

Pensei que ninguém me escutava,
Nem que me poderiam responder.
Mas Tu soubeste que sozinha eu não falava
E mandas-Te o Sol para me aquecer.

Senhor, meu Pai, de toda e qualquer hora,
Minhas preces para Ti nunca são demais.
Contigo caminharei pela vida fora,
Sem Ti não fazem sentido os meus ideais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...