AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Sabe tão bem (é tão bom)


Sabe tão bem um carinho
E uma palavra de conforto
É tão bem ter o nosso cantinho
E regressar sempre a bom porto

Sabe tão bem ter um amigo
Daqueles que não precisamos falar
É tão bom quando o perigo
Dificilmente nos consegue encontrar

Sabe tão bem respirar fundo
E ter a noção da nossa riqueza
A saúde não deve ficar em segundo
E junto com o amor serem a nossa fortaleza.

3 comentários:

  1. Sempre bom encontrar um blogue de boas poesia, muitas felicidades.

    ResponderEliminar
  2. Olá Poeta,
    Muito obrigada pela sua visita e pelas simpáticas palavras.
    Um abraço,
    Isabel

    ResponderEliminar