AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 4 de abril de 2017

Como a Flor de Maio

Imagem internet

É quase a contra relógio
Com o olho no pódio
Que acontece o nosso amor
É em corrida acelerada
Maratona pela estrada
Não sabemos como nos recompor

A meta fica sempre longe
Não tempos a paciência de um monge
É tempo de amar o que temos
Este amor tem que reagir
A solução não é fugir
Mas melhorar o que sabemos

Amor, seremos tão felizes
Como dois simples petizes
Que disputam um papagaio
Se aceitarmos os defeitos
Que nunca seremos perfeitos
Cresceremos como a flor de maio.

                                                                

Sem comentários:

Enviar um comentário