AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Diz-me que te faço falta

Imagem retirada da internet

Telefona-me quando a noite for alta
A dizer que não consegues dormir
Justifica que te faço falta
E sem mim não podes descomprimir

Prova que a minha ausência
É pior que a noite gelada
Faço parte da tua existência
Admite, sem mim não és nada

Estares privado de mim
Torna-te disfuncional
Não precisa ser sempre assim
Basta te regeres pelo manual.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...