AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 14 de março de 2018

A burrice é má semente

Fonte: Google Images

Quem já nasce burro
Com descendência em burrice
Pode até dar muito murro
Mas não vai sair da aselhice

Quem cultiva a asnice
E não consegue ir mais além
Viverá sempre da parvoíce
E ficará sempre aquém

Para ser burro diariamente
É preciso muita destreza
A burrice é uma má semente
Que só prejudica a natureza

O asno acredita que tem sabedoria
E pensa que engana toda a gente
Ser burro ainda é uma alegria
Bem-haja quem não é inteligente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...