AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 10 de março de 2018

Teimoso do Vento

Fonte: Google Images


O vento acordou zangado
Dormiu do lado errado
E agora está feroz
Não conhece ninguém
Não se importa se faz bem
Transformou-se num algoz

Faz voar mesmo sem asas
Amedronta as casas
Quer ver tudo descontrolado
O vento é sempre teimoso
Torna o dia mais ansioso
E sai porta fora, zangado

O frio veio à pendura
Todo cheio de frescura
A achar-se um campeão
O vento todo vaidoso
Do seu amigo vistoso
Causou ainda mais confusão.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...