AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010



Vou deixar de estar à sombra
Da sombra daquilo que quero ser
Porque muitas vezes a sombra que vejo
Não reflecte a sombra do que estou a ver

Vou pedir ao Sol para brilhar
Para que o meu brilho se possa ver melhor
E brilhando lado a lado com o Sol
Tenho a certeza que o meu brilho vai ser maior

Vou deixar sair as lágrimas para chorar
Porque chorar traz-me liberdade
Confesso que chorar me faz mais lúcida
Mesmo que acabe a chorar sem ter vontade

Vou pedir para desistir da vida
Porque esta vida já não me leva amparada
E ao chamar a vida a prestar contas
Descobri que a vida se encontra liquidada

1 comentário: