AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

AMIGO

Penedos - Arrancada em 1945 - Grupo de amigos
(em cima da esquerda para a direita: José Gomes e Joaquim Matos; em baixo da esquerda para a direita: Eduardo Almeida e António Tavares, todos residentes em Arrancada do Vouga)


Aquele que nos limpa as lágrimas
Aquele que chora connosco se for preciso
Aquele que nos apoia incondicionalmente
Aquele a quem chamamos Amigo

Mesmo que não esteja por perto
Move montanhas p'ra nos ajudar
Mesmo que não nos faça sorrir
Move cascatas p'ra connosco chorar

Irmão de amor, paz e felicidade
Incapaz de nos fazer sofrer
Irmão de uma vida de amizade
Impossível sem ti saber viver

Grande apoio nos momentos de fraqueza
Gerindo com cuidado os sentimentos
Grande amigo com toda e qualquer certeza
Garantindo sempre em nós os bons momentos

Oro por ti incessantemente
Olho por ti diariamente
Observo cada detalhe contigo
Onda do meu mar, meu Amigo

1 comentário:

  1. Percebido.
    Fazer das letras da palavra AMIGO aquelas frases, com todo o sentido do seu significado, não é tarefa fácil. Pelo menos para mim...

    JM Ferreira

    ResponderEliminar