AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 30 de outubro de 2010



NADA ACABA, NADA TERMINA


Nada acaba, nada termina
Apenas porque deixa de bater o coração
Tudo recomeça, tudo continua
Se a fé sempre foi a nossa direcção

A nossa alma por fim encontra o seu porto
Junto do seu grande Criador
Que saibamos levar a melhor bagagem
Já que Ele deu-nos o fruto e a flor

Sem comentários:

Enviar um comentário