AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

domingo, 17 de outubro de 2010

DESABAFOS



Deixa o dia passar
Que o Sol vai lá ter sozinho
Deixa o dia acabar
Porque a Lua conhece o caminho

Esqueci-me de rir com vontade
Da anedota em que me tornei
Mas para falar a verdade
Vou rir de quê? Não sei!

Acredito piamente
Que o meu sonho me abandonou
Cansou-se de lutar sozinho
E sem eu notar, desertou

Vamos pôr os pontos nos "is"
Porque há quem não use pontuação
Além de não lhe acharmos o sentido
Torna-se uma escrita sem noção

Acabei por concordar
Com os malucos de colarinho
Porque no fim de contas
Um maluco nunca está sozinho

2 comentários: