AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010



Junto as mãos ao coração
E fixo meus olhos no Teu olhar
Em silêncio agradeço pela Tua mão
Me ter levado em paz a caminhar

Santa Eufêmia milagrosa
Mãe de quem não quer perder a esperança
Obrigada pela Tua alma bondosa
Tua ajuda é pura como uma criança

Peço-Te que atendas eternamente
A quem por Ti chama em aflição
Acredita que a quem atenderes
Para sempre Terás a sua gratidão

2 comentários:

  1. Olá;

    Não é só lindo, como também feito a modos de quem já foi à Vide (Talhadas) a pé.
    Confesso que já fui, apenas a servir de acompanhante, a um dia de semana.
    E foi bom...

    ResponderEliminar
  2. Olá,
    Queremos agradecer a este(a) Anónimo(a) por nos continuar a visitar e a deixar o seu comentário.
    Obrigada pela sua visita!

    ResponderEliminar