AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 8 de setembro de 2015

A minha pequena janela

(imagem retirada da internet)

Da minha pequena janela
Simples e singela
Vejo flores da cor rosa pastel
Da minha pequena janela
Sinto o cheiro a canela
E a torradas com mel

Junto à minha janela
Como uma sentinela
Vejo o mundo de outra maneira
Junto à minha janela
Sinto-me como numa caravela
Que navega sem barreira

A minha pequena janela
Qual ilustre donzela
Ilumina todo o meu lar
A minha pequena janela
Será a minha cartela
Quando o meu fim chegar.

Sem comentários:

Enviar um comentário