AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Esperei pelo Amor

Imagem: internet


Esperei mais que a conta
Que o amor batesse à porta
Mas dele nem patavina
E a paciência acabou morta

Que falta de educação
E tamanha irresponsabilidade
Magoar assim um coração
Com tanta deslealdade

Esperei um pedido de desculpa
Ou um sinal de arrependimento
Ninguém quis assumir a culpa
E continuou o sofrimento

 O amor já não faz sentido
Nem tem sentido algum
Amar está mais que batido
E não leva a lugar nenhum.

                                                                       

2 comentários:

  1. Gosto do poema. Não do pessimismo que ele encerra. Não acredito na vida sem amor.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Olá Elvira,
    Mais uma vez obrigada pelas suas palavras e pela sua visita.
    Bom fim-de-semana!
    Beijinhos

    ResponderEliminar