AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 26 de abril de 2008

ARRISCAR

Queria gritar
Dizer sem falar
E tirar à sorte
No jogo da vida
Arriscar a morte
E não me sentir perdida

Caminhar no arame
Sem olhar para trás
Sentir-me ao alcance
De tudo, de nada, tanto faz

Pago p’ra ver
Arrisco o meu jogo
Viver faz-me bem
Ponho minhas mãos no fogo

Sem comentários:

Enviar um comentário