AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 26 de abril de 2008

PARTIDA (SOLTASTE AS AMARRAS)

Foi por pensar que no meu mundo
Já tinhas teu lugar guardado
Que arrisquei tudo o que tinha
E perdi tudo, meu triste fado

Na ilusão do teu ser
Mil voltas dei a pensar
Por que me fazes sofrer
Se eu só vivo para te amar

Soltaste as amarras
Muito cedo sem saber
Afundaste minha alma
E toda a minha razão de viver

Sem comentários:

Enviar um comentário