AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 30 de junho de 2008

AMIGO DESCONHECIDO

Olhei para ti
E em ti vi um amigo
Viver sem ti
É viver sem um abrigo

Tens o pensar de um sábio
E o olhar de uma criança
És a prova viva
P’ra ninguém perder a esperança

O amanhã é o teu rumo
Para o alcançar sê forte
Não te deixes dominar
Pelos pensamentos de morte

Que amigo és tu
Sem o poder de julgar?
És um verdadeiro amigo
Que só quer apenas amar

Sem comentários:

Enviar um comentário