AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 24 de junho de 2008

MEU CORAÇÃO

Quero ancorar meu coração
Já chega de viver assim
Por mais forte que seja a razão
Não posso deixar de pensar em mim

Quem me dá segurança
Amor e estabilidade?
Já pareço a carochinha
A querer comprar a felicidade

Meu coração anda doente
De um mal que desconhece
E me pergunta todas as noites
Que dor é aquele de que padece

Espera mais um pouco coração
Tua cura há-de chegar
E prometo que me vais dar razão
Quando te digo que por tudo vale a pena lutar

Sem comentários:

Enviar um comentário