AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 30 de junho de 2008

FIM

Tenho sede de beber
As gotas da tua essência
E no teu corpo me perder
Meu amor, minha demência

O Sol, a Lua e as estrelas
Se uniram à minha dor
Para me ajudar neste tormento
De por ti sentir tanto amor

Vou desfalecendo por dentro
Em cada noite sozinha
Minha alma ainda procura
A paz que de ti não vinha

Ponto final, acabou
Meu mundo já não é o teu
Foi bom enquanto durou
Meu limite agora é o céu

Sem comentários:

Enviar um comentário