AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

domingo, 15 de junho de 2008

NÃO QUERO

Não quero desistir da vida
Se ela não desistir de mim
Ando às voltas, sinto-me perdida
Mas lá no fundo eu sou mesmo assim

Não quero me iludir em vão
Sem ter certezas de um amor sincero
E p’ra não magoar meu coração
Digo sem medo “meu amor não quero”

Penso que amanhã não vou acordar
Para me ver ao espelho mais uma vez
Não quero minha vida assim levar
Olhando um rosto triste que alguém fez

1 comentário:

  1. A dor é um reflexo de uma lição que não foi aprendida e se a dor não existisse como poderíamos nós aprender? Sim, por teoria podemos saber qualquer coisa, mas é da experiência que se colhem os melhores frutos. Portanto demos graças porque podemos sofrer, pois isso significa que temos de alterar algo em nós, ao fim ao cabo, não somos perfeitos.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...