AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 24 de junho de 2008

DESÂNIMO

Neste final de tarde
Sinto-me bem a ouvir o vento
A noite chega devagar
E com ela vem meu tormento

Desde que partiste vivo assim
Os dias são passados na ilusão
As noites sempre com pena de mim
Por que deixas-te assim meu coração

Vou tentar uma última vez
Limpar meu coração de ti
Não prometo ser eficaz
Mas se ficar algum resto, eu nem vi

Sem comentários:

Enviar um comentário