AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Portugal precisa de um "Robin dos Bosques" (repost)

(imagem retirada da internet)


Portugal precisa de um Robin dos Bosques
Para ajudar a dar de “frosques”
Com a maldita crise
É tempo de usar os collants
Esquecer as promessas vãs
E deixar que a seta deslize.

Vamos em bando tirar aos ricos
Fazê-los descer dos picos
E ensiná-los a dividir
Pobre não nasce ninguém
A pobreza nem Mãe tem
Mas arranja sempre onde ir dormir.

Que o frade nos ajude a rezar
Para na hora de acertar
Agirmos com inteligência
Se por um acaso falharmos a direcção
Alegamos que é recente a profissão
E pedimos equivalência.

E quando o Robin voltar carregado
Com o material do plano elaborado
Vamos escondê-lo em vários locais
É que guardar o produto todo no mesmo lugar
Além de burrice, é trazer o azar
Há sempre quem queira criar sucursais.

De terra em terra, de porta em porta
Vamos distribuir o fruto da nossa horta
E não esquecer de avisar a comunicação
Porque isto de ser Robin dos Bosques secreto
Não dá fruto, nem trabalho certo
Até aparecermos na televisão.

(este poema é de 2013, mas continua actual)

2 comentários:

  1. Estou abismado com o conteúdo. É de intervenção!!!!
    Mas que bem está esta intervenção!
    Este e o anterior sobre as cores, são formidáveis.
    Há que continuar, mesmo com reposições. Que, para mim não eram conhecidas.
    Tanto mais que o da pomba, escrito aos doze anos de idade, é de se lhe tirar o chapéu!
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Olá Sr. José,
    Muito obrigada pelas suas palavras.
    Pois tentei fazer uma brincadeira com a "crise" que vivemos.
    Obrigada pela visitinha :-)
    Beijinhos,
    Isabel

    ResponderEliminar