AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 28 de junho de 2016

Tu Consegues


Quando o dia estiver cinzento
E o ar mais poeirento
Não deixes o desânimo vencer
Se a chuva começar a cair
E teimar em não querer sair
Espera o arco-íris aparecer

Quando estiver escuro
Procura as estrelas pelo brilho
O fruto só cai de maduro
Tu consegues traçar o teu trilho

Quando o frio picar o ponto
Vá lá dá-lhe um desconto
O fresco clareia o pensamento
Estar sempre com calor
Além de chato, causa suor
E afecta o comportamento

Agradecer, valorizar e repartir
Ser correcto nos valores a seguir
Ajudar, reconhecer e perdoar
Ser capaz de cair e levantar.

Sem comentários:

Enviar um comentário