AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 7 de maio de 2008

ERGUER

Quebraste meu sonho real
Sem culpa, sem cuidado
Acabo por pensar que o mal
Viveu comigo disfarçado.

Vou erguer meu novo império
Não penses que morri rendida
Vou tomar-me mais a sério
Traçar meu rumo, não estou perdida.

Reparei que minha alma
Renasceu com esta dor
Transpareço beleza e calma
Fiquei vingada, meu amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário