AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 29 de março de 2016

Conversa de Comadres

(imagem retirada da internet)

Ó comadre viu aquilo
Já nem sei o que dizer
Este povo anda maluco
Já não sabe o que fazer.

A vizinha lá de cima
Anda toda com segredos
Parece que o marido
A apanhou noutros enredos.

E a outra lá da esquina
Nem fala, nem reclama
O marido já se foi
Mas não tem vazia a cama.

Pois eu cá sou muito honesta
Não me meto em vida alheia
Só falo consigo o que sei
E ao marido na hora da ceia.

Eu também sou um exemplo
Mexericos não é comigo
Da minha porta p’ra fora
É-me tudo desconhecido.

Sem comentários:

Enviar um comentário