AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 14 de julho de 2008

MÃE (TEUS OLHOS MADUROS)

Nos teus olhos já tão maduros
Tristeza não queremos ver
Tens razões tão fortes e alegres
Para continuares a viver

És o sol da nossa manhã
És a pedra mais preciosa
És a nossa força de vontade
És de todas a mais valiosa

Teu sorriso queremos continuar a ver
Nem que seja por um segundo
Ver-te rir é uma alegria
És para nós mais que o mundo

Olha em frente sem medo
Que a sorte te há-de sorrir
Olha para nós e pensa
Que estamos contigo, não vamos partir

Sem comentários:

Enviar um comentário